jornal plural do agrupamento de escolas dr. manuel laranjeira

DA ESCOLA AZUL ÀS EXPRESSÕES DO MAR

Subscrever a nossa Newsletter

     A escola Dr. Manuel Laranjeira relacionou a celebração do Dia Europeu das Línguas com o projeto “Escola Azul”, destinado a defender o oceano e a promover a sua limpeza, procurando que a comunidade diga NÃO à poluição das praias da nossa costa e do mar.

     O professor de Português pediu aos alunos do 11º E que fizessem uma pesquisa sobre a palavra “mar” e o seu campo lexical. Recolhi várias expressões idiomáticas e o enunciado que considerei mais interessante e diferente foi “Quem anda no mar aprende a rezar”.

     O sentido deste ditado popular sugere que se deve lutar sem desanimar, acreditando sempre, de modo a podermos alcançar sonhos e objetivos de vida. Dado os perigos vividos no oceano e o respeito a ter pelas forças do mar, interessa resistir, persistir, mas tendo consciência de que há algo que não se controla na totalidade. Daí o ato de rezar, de respeitar o que possa condicionar a nossa vida.

     Na língua portuguesa, o aforismo que selecionei pretende, por um lado, significar que na vida nem tudo é “um mar de rosas”, pois há espinhos, obstáculos e adversidades; por outro lado, nele transmite-se a ideia de que é necessária certa dose de trabalho, esforço e humildade para os ultrapassar com sucesso.

     Da pesquisa que efetuei em outras línguas, apenas encontrei uma breve tradução na língua germânica, com o mesmo pensamento: “Wer im Meer, lernt beten”.

     Em síntese, gostaria de salientar que os aforismos, registos da cultura popular, encerram conhecimentos profundos sobre a vida e o mundo.

João Julião, aluno do 11º E
Subscrever a nossa Newsletter
Recebe as últimas notícias, avisos, artigos diversos diretamente na tua caixa de email
podes anular a tua subscrição quando o entenderes
Subscrever a nossa Newsletter
Recebe as últimas notícias, avisos, artigos diversos diretamente na tua caixa de email
podes anular a tua subscrição quando o entenderes
podes gostar também
Deixa um comentário